GAVETAS.COM

Oscar Krost

Presencial ou remoto?
Off-line ou online?
Síncrono ou assíncrono?

Em cada pergunta, o que intriga não são as opções expressas, mas as ocultas.
Por que “ou” e não “quando”?

Grilhões são grilhões, de ferro ou wi-fi, e entre os elos das correntes estão os que mandam e os que obedecem.

Celetista, estatutário, PJ, cooperado. Nenhuma, absolutamente nenhuma relação de trabalho é simétrica ou equilibrada.

Se até um Juiz do Trabalho – ok, um Juiz do Trabalho Substituto, o último na escala evolutiva da carreira – portava crachá, o que esperar de proletarios, cyber ou analógicos?

O ano de 2022 bate às portas com tanta força a ponto de derrubá-la. Não há mais tempo para cortinas de fumaça, recursos linguísticos e exercícios de retórica.

“É o pau, é a pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol (…)”, há 50 anos, desde 1972, ensina Tom Jobim.

Que possamos formular perguntas, cujas respostas estejam na vida afora e não no próprio questionamento.

Afinal, ninguém  mais acredita estarmos em um game ou em uma prova objetiva de múltipla escolha, né?

Publicado por okrost

Alguem em eterna busca.

2 comentários em “GAVETAS.COM

  1. Adorei “grilhões são grilhões”.
    E que possamos formular perguntas, encontrar as respostas e compreendê-las mais como uma mudança/evolução dos tempos do que como pesos a serem carregados.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: